Dicas para um bom atendimento em restaurantes, padarias e fastfood

dicas atendimento restaurante

Na visão do cliente, muitos elementos determinam um bom restaurante ou padaria. Sua localização, infraestrutura, os sabores dos produtos ofertados, suas especialidades, limpeza e preço. No entanto, depois que todos estes elementos já passaram pelo convencimento do cliente e ele escolhe ir ao restaurante, o proprietário e os gerentes dos estabelecimentos precisam oferecer algo ainda mais importante para que a experiência do cliente seja satisfatória: um bom atendimento.

O bom atendimento em restaurante começa antes mesmo do início do serviço. A escolha dos fornecedores, o treinamento, motivação da equipe e a preparação do local são fundamentais para o sucesso. O mesmo se faz necessário para o bom atendimento em padaria, é preciso que toda a infraestrutura e os recursos humanos empregados no negócio trabalhem em sintonia para buscar o bom atendimento.

Isso é fundamental para fidelizar o cliente e manter suas considerações sempre positivas, mas também para agilizar os processos e diminuir os custos operacionais. Ou seja, o proprietário do restaurante compartilha do mesmo ponto de vista do cliente quando o assunto é o serviço bem-feito, pois quanto melhor for o atendimento, mais rentável ficará seu negócio.

Neste artigo vamos dar algumas dicas de como oferecer um bom atendimento sob duas óticas. A primeira da satisfação do cliente que se torna fiel e deixa o empresário satisfeito e a do proprietário do negócio, que também sairá ganhando com os resultados positivos e duradouros do bom atendimento em seu estabelecimento. Acompanhe.

Saiba para quem você está servindo

Para oferecer um bom atendimento em uma padaria ou em um restaurante, é essencial conhecer o perfil dos consumidores, suas preferências e necessidades primárias.

Através de uma pesquisa de satisfação aplicada entre os clientes ou na região aonde o negócio será estabelecido, é possível obter dados estratégicos até mesmo para a definição de produtos, preços e serviços.

Foi o caso da Choperia Por Acaso que foi inaugurada em 2002 na Lagoa de Jansen em São Luís. Neste período a Lagoa recebeu uma infraestrutura que favorecia a construção de empreendimentos no local, assim como também houve um crescimento de zonas residenciais próximas ao local.

Ao analisar a concorrência e aplicar pesquisas de satisfação entre os clientes, o proprietário da Choperia mudou sua estratégia comercial focando na excelência do atendimento através do entretenimento dos clientes, enquanto, seus concorrentes focavam apenas nos alimentos e bebidas ofertados.

Além de uma estratégia de diferenciação potente, o proprietário também focou sua estratégia no que os consumidores queriam, o que fortaleceu sua marca e fidelizou seus clientes.

Diferencie e faça um bom atendimento personalizado

Personalizar o atendimento em padaria não significa fazer o pão francês mais branquinho ou mais moreninho de acordo com o cliente que chega ao balcão. Personalizar o atendimento significa utilizar as relações cotidianas do atendimento para aumentar a identificação do cliente com o estabelecimento.

Foi o que fez o supermercado americano Sainsbury’s ao receber uma carta de uma cliente de 3 anos, que não concordava com o nome “Pão Tigre” exposto em uma das vitrines da padaria do estabelecimento. Ela argumentou que o pão parecia mais com uma girafa. Após uma carta simpática do gerente, a história viralizou na internet e o supermercado decidiu não só trocar o nome para “Pão Girafa”, como também colocar uma observação de que o motivo da troca se dava pela inteligente observação de uma de suas consumidoras.

O resultado não poderia ser melhor. Além da enorme repercussão, os consumidores do supermercado também se sentiram ouvidos e representados pelo próprio estabelecimento.

Treine sua equipe regularmente

Outro fator de extrema importância para o bom atendimento é a equipe de atendimento, que deve estar sempre bem treinada e disposta a encantar os clientes. Se o restaurante atua com menus sazonais, por exemplo, os atendentes precisam conhecer todos os pratos para orientar bem os clientes.

Além de treinar, tentar reter talentos e funcionários, que já conhecem mais a dinâmica do negócio, pode ser uma boa estratégia. O proprietário precisa de menos tempo para a atualização e treinamento dos colaboradores mais antigos e eles também podem passar experiências sobre situações críticas para os mais novos, como o caso de clientes impacientes sem o nome na lista de espera.

Crie uma experiência diferente para o tempo de espera

Outro fator crítico para que o bom atendimento seja percebido pelos clientes é a gestão da fila de espera. Ela precisa de uma atenção especial, pois este é o momento em que o cliente cria uma expectativa de consumo. Se este momento não for no mínimo neutro, pode causar a desistência ou a experiência ruim no momento do consumo, resultando em efeitos ainda piores.

Crie um ambiente agradável para a área de espera, com um controle da temperatura ambiente, cores mais calmas, distrações e pequenas amenidades como cafezinho e snacks.

Coloque um sistema de senhas em uma tela profissional, que nos intervalos mostrem conteúdos informativos de qualidade. Isso tomará a atenção do cliente, evitará conflitos com a equipe de atendimento e ainda tornará o momento agradável para o cliente. A sensação de espera será amenizada pelas distrações e também pela clareza da informação do tempo a ser aguardado.

Modernize seu menus tradicionais , substituindo-os por Menus Digitais , que são telas profissionais onde você pode mostrar seus produtos e promoções de forma dinâmica, melhorando a experiência de compra de seu cliente e acabando de vez com os custos de confecção e impressão de painéis e banners estáticos .

Considere os fatores que impedem o cliente de ir ao estabelecimento

Alguns estabelecimentos sentiram drasticamente o aumento da fiscalização da Lei Seca. Embora todos reconheçam os efeitos positivos da segurança nas ruas, alguns empresários trataram este fator, que impediam seus clientes mais fiéis de retornarem a casa, de forma inteligente e fizeram parcerias com taxistas e empresas de transporte executivo.

É a mesma lógica de restaurantes fast food, que oferecem o sistema delivery ou drive-thru. Eles reconheceram que mesmo a agilidade do serviço fast food, não seria o suficiente para alguns consumidores, o que fez com que eles criassem estas opções mais rápidas, mantendo o bom atendimento.

Acompanhe as modernidades

Estar presente nas redes sociais e promover eventos a partir destas plataformas é uma forma de se aproximar dos clientes. Assim como oferecer o Wi-Fi gratuito nos estabelecimentos.

Outra estratégia moderna e eficaz para um bom atendimento é oferecer o cardápio do estabelecimento através de um aplicativo. Em vez de esperar o atendente para dar uma olhada no cardápio, o cliente tem acesso aos pratos através de um simples aplicativo.

Opiniões de outros clientes e a descrição detalhada dos ingredientes também podem poupar minutos preciosos do atendimento e do cliente, o que será convertido em eficiência da casa e satisfação dos consumidores.

Não se esqueça do tradicional

Mesmo que o público seja antenado, nada se compara ao tradicional bom atendimento. Oferecer sugestões do chef ou até recebê-lo na mesa faz com que a experiência de consumo do cliente seja elevada.

Manter pratos tradicionais no menu e o serviço como sempre foi oferecido também ajuda na identificação do restaurante e na melhoria das impressões dos clientes. Por isso, ofereça o Wi-Fi, mas crie um ambiente propenso à interação entre as pessoas.

Se o foco do empresário estiver no bom atendimento em restaurantes ou padarias, é preciso estar claro que as relações humanas entre equipe de atendimento e consumidores é uma base fundamental. É através da análise dos pontos críticos desta relação, que o empresário conseguirá bons resultados estratégicos. Comece pela gestão de fila de espera, que quando bem executada deixa os clientes satisfeitos e reduz os custos operacionais do empreendimento. Quer entender como isso é possível? Então leia o artigo “Gestão de filas: entenda como pode beneficiar o seu negócio”!

Veja as melhores dicas para otimizar a comunicação interna da sua empresa

otimizar comunicacao interna

A comunicação é a chave para o bom funcionamento da empresa. É ela que vai garantir que as ideias sejam compartilhadas e que seja possível construir soluções em conjunto. Ela pode ser externa, ou seja, com os clientes e fornecedores ou pode ser a comunicação interna, aquela que ocorre dentro da corporação.

Você pode utilizar muitas estratégias para transmitir melhor a informação e trazer benefícios para sua organização. Ficou interessado em algumas dicas para melhorar a comunicação interna em sua empresa?

Tenha um meio oficial para a comunicação interna

Um meio de comunicação oficial ajuda a manter a equipe atualizada e a transmitir a informação de forma fácil. É também uma maneira organizada de interagir com os membros da empresa. Isso dá segurança aos funcionários e traz confiança para a empresa, o que ajuda a manter um bom clima corporativo.

Atualmente, as organizações têm investido em plataformas digitais e e-mails para a comunicação, que são mais velozes, facilitam a unificação da informação e evitam desentendimentos e falhas na linguagem.

Dê abertura para os colaboradores

Abrir espaços para apresentar opiniões, discutir ideias e construir soluções é muito importante na comunicação interna. Além de integrar melhor o funcionário com seus colegas de trabalho, é uma forma de trocar conhecimentos e de observar as questões da organização sob diferentes pontos de vista.

A liberdade para opinar também ajuda a manter um clima organizacional mais positivo, onde todos são escutados e valorizados. Ao se sentir ouvido, o funcionário tende a se engajar mais no trabalho e a colaborar mais com suas ideias e atitudes.

Utilize o feedback

Este é o momento de ver se a informação chegou, se eles a leram, se a equipe a compreendeu, o que pensam sobre o tema. Cheque também se há dúvidas, sugestões e discordâncias. É uma boa maneira de perceber como anda o clima da empresa, o que anda bem e o que poderia estar melhor.

Dialogue com cada funcionário também sobre o desempenho dele, apontando os pontos positivos e negativos da atuação dele. Lembre-se de ouvir suas argumentações e tentar formar soluções em conjunto. O gestor que dá feedbacks, geralmente, tem uma equipe mais consciente, motivada e que se mobiliza mais para melhorar.

Crie eventos externos para a equipe

Eventos com a equipe fora do trabalho são muito importantes para melhorar a comunicação e fortalecer os laços do time. Quando os funcionários se reúnem fora do escritório, eles podem conversar, se descontrair, encontrar gostos em comum, saber mais sobre a história e a vida uns dos outros. Esses momentos podem ser festas, almoços em conjunto ou um happy hour após o expediente, por exemplo.

Eventos assim possibilitam que a equipe se conheça, o que ajuda muito na comunicação. É uma forma de aproximar as pessoas e fazer com que o diálogo e a discussão de ideias sejam mais naturais.

Use a tecnologia a seu favor

A tecnologia tem facilitado o intercâmbio de informações, possibilitando mais agilidade e proximidade entre as pessoas. Questionários de satisfação on-line, por exemplo, podem ser ótimos para saber um pouco mais sobre a opinião dos funcionários sobre a empresa. Além disso, temos as plataformas on-line, os e-mails, webinars — que são seminários on-line —, a TV corporativa e muitos outros. Com esses dispositivos, a comunicação em sua empresa será mais efetiva!

Há muitos desafios para promover uma boa comunicação interna na empresa. Ter um canal oficial para trocar informações, ouvir o que os funcionários têm a dizer e usar a tecnologia nesse processo são boas maneiras para evitar problemas na comunicação . Além disso, dar feedbacks e promover eventos fora da empresa são ótimas alternativas para integrar e motivar a equipe!

Gostou das dicas para otimizar a comunicação interna de sua empresa? Tem mais alguma sugestão para acrescentar? Deixe o seu comentário!

4 dicas para fazer boas estratégias com uma TV Corporativa

estrategias para tv corporativa

Muita gente pensa que não é preciso nenhuma estratégia para a TV corporativa começar a funcionar em uma empresa. A realidade definitivamente não é essa. Como em qualquer projeto consistente e bem elaborado, é necessário um planejamento prévio muito articulado e minucioso.

Antes de mais nada, é essencial que haja a definição dos objetivos – gerais e específicos – da comunicação institucional. Por isso, antes de sair implantando a TV corporativa, analise cases de sucesso para ter uma base. A seguir, reunimos as principais estratégias de sucesso utilizadas para TV’s Corporativa. Confira!

Realize treinamentos a distância

A TV corporativa pode ser usada para realizar treinamentos à distância, permitindo que um maior número de profissionais se capacitem onde estiverem. Isso porque ela pode, além de usar monitores espalhados pela empresa, também estar presente na internet.

A vantagem é que se consegue uma redução de até 20% com os custos em relação ao treinamento. Isso ocorre em decorrência da não necessidade de locomoção e interrupções prolongadas das atividades em desenvolvimento.

Use o apelo visual como estratégia para TV corporativa

As pessoas querem informação rápida, simples e objetiva. O que, por si só, já torna a TV corporativa é uma ótima aliada, muito melhor do que os tradicionais murais.

Com um conteúdo criativo, adaptado à realidade de cada empresa, consegue-se chamar a atenção e transmitir a mensagem que se pretende em poucos minutos.

Todos os funcionários podem ter acesso a esse canal de comunicação, desde os que trabalham na produção até os em cargos de chefia. Com o uso de televisores em posições estratégicas, a comunicação passa a ser mais fácil, possibilitando, inclusive, transmissões ao vivo.

Dessa forma, setores como recursos humanos e marketing conseguem divulgar a sua mensagem em tempo real, atendendo a diferentes demandas internas.

Estimule a cultura organizacional

É importante que os colaboradores sintam-se como parte da empresa. Você pode fazer isso mostrando conteúdos e notícias que mostram os destaques dela, como o recebimento de prêmios, tipos de ações que realizou, títulos de melhor ou maior organização, dentre outros.

Mostre ao seu funcionário que a empresa onde trabalha é um ótimo lugar para que ele se sinta mais engajado e valorizado. Lembre-se: o reconhecimento incentiva a produtividade.

Aproxime as empresas que atuam de forma descentralizada

Em caso de empresas que possuem diversas filiais, a TV corporativa é uma maneira de fazer com que as informações sejam uniformes, independentemente do local em que se está trabalhando. Para isso é preciso padronizar as informações e divulgá-la de forma simultânea em todos os escritórios e fábricas.

Isso ajudará a preservar a identidade da empresa e a reforçar a marca, uma vez que todos estarão se sentindo em comunhão em prol da empresa.

Para tanto, a estratégia para TV corporativa precisa ser bem planejada para garantir que seus objetivos sejam atingidos e que não seja apenas mais um canal de comunicação, mas sim um que permita integrar os colaboradores.

E você, já se convenceu de que a TV Corporativa pode te ajudar? Ainda deseja pensar um pouco melhor sobre o assunto? Então conheça esse case de sucesso e se inspire ainda mais!

3 benefícios do endomarketing

3 beneficios endomarketing

Cada vez mais as empresas precisam engajar seus colaboradores, visando à melhoria nos sistemas de metas e de atendimento ao cliente. Para auxiliar o empresário nesta tarefa, surgiu na década de 1990 o conceito de endomarketing. Mas você sabe o que é e quais são os benefícios do endomarketing? Leia este post e descubra como esta variação do marketing pode trazer vantagens para a sua empresa!

Engajamento dos colaboradores

O endomarketing tem como objetivo aplicar ações de marketing ao público interno da empresa (colaboradores), focando no atendimento às suas expectativas, demonstrando como eles são importantes para o funcionamento de organização, através do reconhecimento seus serviços.

Através do engajamento, a empresa alcança melhores níveis de satisfação junto aos seus clientes, pois seus colaboradores estarão motivados a trabalhar, passando maior confiança. Outro ponto que faz a empresa ganhar através do endomarketing é na redução da rotatividade de funcionários que, como qualquer empresário sabe (ou deveria saber), representa custos que poderiam ser evitados para a empresa, pois o capital e o tempo investidos em um funcionário que deixa sua empresa é perdido.

Maior retenção e fidelização de clientes

É fato, as empresas que não valorizam seus funcionários ou que não lhes reconhecem, possuem um sistema de atendimento falho, pois o colaborador não estará satisfeito, afetando diretamente na qualidade dos produtos ou serviços ofertados.

Como já dissemos, ao adotar o endomarketing em sua empresa, você aumenta o engajamento de seus colaboradores, fazendo com que eles tenham um sentimento de pertencimento à empresa, refletindo diretamente em seu modo de agir com os consumidores.

Não pense que o cliente não percebe quando um funcionário está descontente com a empresa. Muitas vezes, são os clientes que possuem a maior percepção da situação de uma empresa. Quando eles são bem tratados, atendidos com rapidez e qualidade, com certeza, continuarão comprando de sua empresa por muito tempo.

Possibilidades variadas de colocar o endomarketing em prática

Estes foram apenas dois dos inúmeros benefícios que sua empresa obterá através da adoção das técnicas do endomarketing, mas agora você deve estar se perguntando: como fazer isso? Por isso, enumeramos aqui o terceiro benefício junto a algumas ideias que te ajudarão a montar suas ações de endomarketing:

  • Aplicação da comunicação interna: para que o endomarketing funcione da melhor maneira o possível, é imprescindível que exista um canal de comunicação interna, mas que seja uma via de mão dupla, onde os colaboradores também possuam voz.
  • Pesquisa de satisfação e clima: para selecionar as melhores ações de endomarketing para a sua empresa, é necessário que exista um parâmetro de avaliação e a aplicação de uma pesquisa de satisfação, que fornecerá as informações com uma visão da atual situação do público interno de sua empresa.
  • Eventos de integração: a execução de eventos de integração de novos funcionários é sempre uma boa ideia. Afinal, é durante este evento que o novo colaborador terá contato com a realidade da empresa e poderá conhecer os demais colaboradores que já trabalham nela.
  • Palestras e treinamentos: além de motivar seus colaboradores, é importante que a empresa os mantenham atualizados com as melhores e mais recentes técnicas de produção disponíveis no mercado, promovendo a evolução profissional constante.
  • Adoção da TV Corporativa: utilizadas em locais de grande circulação, as TVs trazem a proposta de melhorar a comunicação de forma mais eficiente além de poder proporcionar entretenimento e/ou informações aos colaboradores.

Gostou deste post sobre os benefícios do endomarketing? Aproveite a visita em nosso blog e leia mais artigos sobre! 

Como diminuir o absenteísmo na sua empresa

nucleo media absenteismo

Para saber como diminuir o absenteísmo na sua empresa, é importante saber sobre alguns fatores que podem ser a causa do problema. O primeiro fator se refere à evolução na taxa de escolarização do brasileiro. Entre 2010 e 2014 houve um aumento de mais de 5% no número de pessoas que concluíram alguma graduação. Além disso, houve aumento, também, entre as pessoas que estão com ensino superior incompleto e que concluíram o ensino médio.

O segundo fator é a entrada de pessoas da geração Y no mercado de trabalho. Essas pessoas, nasceram nos anos 80 e início dos anos 90 e sempre estiveram acostumadas a ter facilidades que eram oferecidas pelos seus pais que queriam oferecer uma vida melhor que a que eles tiveram. Os jovens da geração Y não se importam em trocar de emprego com frequência buscando empresas que ofereçam maiores desafios, crescimento profissional e mais qualidade de vida.

Esses dois fatores ajudaram a tornar o trabalhador mais exigente, forçando que as empresas se adequem às suas pretensões. Quando a empresa não se alinha às suas ideias, ele pode ficar desmotivado e o absenteísmo pode começar a acontecer. Vejamos, então, 4 dicas para aumentar a satisfação do trabalhador e consequentemente diminuir o absenteísmo na sua empresa:

Limpeza e higiene

O mínimo que a empresa pode oferecer é um ambiente com limpeza em dia. Ações como manter banheiros e refeitórios limpos, acondicionar o lixo em local apropriado, limpar o local de trabalho para evitar acúmulo de poeira e ter programas manutenção e revisão em aparelhos como ar-condicionado, ventiladores entre outros; evitam que o trabalhador fique insatisfeito e previne problemas de saúde que resultam em faltas e afastamentos.

Prevenção de acidentes e lesões

O absenteísmo na empresa pode acontecer devido a muitas ausências devido a doenças provocadas por esforço repetitivo como tendinites e bursites. Acidentes mais sérios também podem afastar um trabalhador por várias semanas. Além disso, o sentimento da falta de segurança no trabalho é outro fator que influencia negativamente na motivação.

As empresas que tem esse problema devem manter um departamento de saúde que podem promover programas de exercícios laborais, providenciar alguns primeiros socorros básicos e criar programas de prevenção de acidentes. Isso ajuda a melhorar a qualidade de vida e a segurança do trabalhador que retribuirá com maior dedicação.

Comunicação

Fazer campanhas de conscientização sobre a importância do trabalho de cada um colaborador, divulgar das metas e desafios, ouvir as demandas do colaborador e dar feedback é um diferencial. O trabalhador fica alinhado com os objetivos da empresa e entende que a sua atuação no negócio é parte importante para o sucesso da empresa. Dessa forma ele se sente valorizado e estimulado.

Apoio psicológico para diminuir o Absenteísmo

As empresas que tem os funcionários mais satisfeitos são as que tem um programa de assistência psicológica ativa. É preciso deixar de lado a ideia que o funcionário é um ativo comparável a uma máquina ou um instrumento. Ele é um ser humano que tem emoções, que pode ter problemas conjugais, problemas familiares e diversos outros que vão influenciar na sua motivação e desempenho no trabalho.

A assistência psicológica na empresa irá ajudar a resolver problemas, mediar e resolver conflitos e consequentemente melhorar o ambiente de trabalho. Assim, a motivação aumenta, a qualidade do trabalho melhora, o ambiente fica mais leve e o colaborador terá maior prazer em trabalhar diminuindo as faltas e os pedidos de demissão.

Quer melhorar as práticas internas e diminuir o absenteísmo na empresa? Confira sempre nosso blog e veja como a comunicação pode ser utilizada para melhorar a motivação e a qualidade do trabalho.