Responsabilidade Social: Como aliar com a comunicação da empresa

resposabilidade-social-como-aliar-com-a-comunicacao-da-empresa

Já foi o tempo em que se acreditava que ter responsabilidade social era um dever apenas do Estado. Hoje em dia, cidadãos e empresas se preocupam cada vez mais com a sociedade e buscam colaborar com uma vida mais justa através de ações e campanhas.

Há diversas formas de fazer a diferença de forma positiva. Seja para a conservação do meio ambiente e dos recursos naturais, para a educação e preparação de jovens, para melhorar a saúde de uma população, para aumentar as possibilidades de acesso à cultura e muito mais.

Além de trazer inúmeros benefícios para a própria comunidade onde atua, empresas e marcas que se preocupam com a felicidade e o bem estar das pessoas, acabam ganhando também em imagem e passam a ser mais bem vistas entre seus consumidores e parceiros.

Mas como é possível, fazer a diferença e ao mesmo tempo aproveitar estas ações juntamente ao plano de comunicação da empresa? Nós separamos algumas dicas valiosas, veja a seguir.

O objetivo da responsabilidade social deve ir de encontro aos valores da empresa

Todas as empresas são construídas a partir de valores fortes. Quanto mais enraizados eles estiverem nas práticas do cotidiano de todos os funcionários, melhor será para seu futuro como marca.

Além disso, a sociedade, consumidores e parceiros devem enxergar estes valores e para acreditar neles, perceber que são realmente colocados em prática e não somente algo que foi colocado no papel.

Por isso, procure ações que tenham foco na responsabilidade social e que estejam de acordo com estes valores. Se sua empresa tem como valor, a busca pelo conhecimento, por exemplo, procure investir em projetos que apoiam a educação e a formação.

Acredite no que faz

Não basta somente participar ou criar ações de responsabilidade social para parecer uma empresa melhor. É preciso acreditar de verdade nos atos desenvolvidos e investir para que aconteça uma transformação real.

Fazer somente para mostrar é rapidamente percebido e acaba se transformando em uma imagem negativa.

Engaje todos os funcionários

Faça com que o projeto faça parte do cotidiano de todos que trabalham na empresa. Quando cada um passa a acreditar que o resultado das ações de responsabilidade social são algo inerente ao negócio, o engajamento aumenta e a probabilidade de sucesso também.

Lembre-se que seus funcionários são uma excelente forma de comunicação da imagem da marca para o mundo.

Procure parceiros

Empresas de pequeno e médio porte também podem mudar a sociedade à sua volta e deixar um legado para o mundo. Mas sozinhas, nem sempre conseguem desenvolver projetos com muita visibilidade.

Nestes casos, o melhor é participar de ações e eventos desenvolvidos por ONGs ou grupos independentes que buscam por apoio.

Convide a comunidade a participar

Seus clientes, parceiros e fornecedores podem fazer parte de suas ações de responsabilidade social. E o melhor deste tipo de mobilização é que todos saem ganhando. A comunidade, que aproveitará os benefícios do projeto em si e as marcas envolvidas, que deixarão uma imagem positiva em todos que fizerem parte ou terem conhecimento.

Ou seja, há sempre formas de aproveitar as ações de responsabilidade social na comunicação da empresa. Você poderá divulgar no site, em flyers, e até em logos durante o evento. Mas para que sejam recebidas como algo positivo pelo público é preciso fazer sempre e fazer para valer.

5 dicas de como melhorar a intranet da empresa

5-dicas-de-como-melhorar-a-intranet-da-sua-empresa

Melhorar a intranet da empresa é uma excelente forma de turbinar a comunicação interna e a produtividade das equipes corporativas. Afinal, o engajamento dos colaboradores da empresa é ingrediente indispensável para o sucesso desta ferramenta de integração de processos e de pessoas.

Quer otimizar os resultados desta ferramenta na sua empresa? Então, fique ligado nas dicas que daremos a seguir e coloque-as em prática o quanto antes!

1. Aposte na gamificação para melhorar a intranet da empresa

Faça a gestão do conhecimento na intranet da sua empresa utilizando a técnica de gamificação — uma estratégia que une mecânicas e dinâmicas de jogos em situações corporativas para motivar as pessoas a aprenderem e a resolverem problemas.

A gamificação torna o aprendizado divertido e estimulante, ao promover a obtenção de metas por meio de estratégias de jogos: rankings, mudanças de fases, competição amistosa entre os envolvidos — tudo com o objetivo de engajar seus colaboradores a melhorarem suas performances.

2. Delegue a atualização de conteúdo para seus colaboradores

Mobilize um grupo multidisciplinar para atualização de conteúdos, de modo que cada pessoa fique responsável por atualizar informações pertinentes às suas competências. Assim, os conteúdos ficam ricos e renovados, por meio de uma estratégia colaborativa e compartilhada.

3. Não se esqueça dos aspectos tecnológicos

A atualização tecnológica da intranet interfere diretamente na sua popularidade e na sua usabilidade. É preciso levar em conta alguns fatores para desempenhar essa função:

  • Alta performance: o sistema precisa ser multiplataforma e ter tempo de carregamento e processamento rápido;
  • Responsividade: as telas devem ser mobile friendly (responsivas) para facilitar o acesso por meio de qualquer dispositivo (computador, tablet, notebook ou smartphone);
  • Funcionalidade: os menus devem ser amigáveis e sua operação intuitiva;
  • Apelo visual: a comunicação visual da intranet deve torná-la leve, atrativa e informativa. O uso de ícones facilita o acesso aos serviços e a renovação de gráficos e fotos demonstra dinâmica na atualização de conteúdo;
  • Segurança de dados: a intranet é a porta de entrada para os servidores da empresa, portanto, quanto mais atualizados forem os softwares aplicados em sua arquitetura, maior será o grau de segurança dos dados. O gerenciamento de permissões de acesso ao conteúdo e às áreas da intranet é imprescindível.

4. Invista em um sistema de pesquisa otimizado

Além de preciso, relevante e confiável, o conteúdo da intranet deve estar organizado, classificado e indexado com o uso de metadados para facilitar o acesso rápido por meio de um mecanismo de busca.

É importante que a ferramenta de busca permita a pesquisa avançada e tenha destaque em todas as páginas da intranet para que sua funcionalidade seja lembrada e bem explorada.

5. Integração com serviços corporativos

A otimização do uso da intranet pode ser promovida por meio da sua integração com outros serviços corporativos, tais como:

  • Correio eletrônico;
  • Informações de RH — pagamento, escala de férias, banco de horas, programação de exames periódicos;
  • Mecanismos de transferência de arquivos (download/upload);
  • Dashboard de indicadores de desempenho;
  • Cadastro online de requisições;
  • Sistemas de gestão (acesso remoto aos bancos de dados);
  • Help desk;
  • Newsletter;
  • Rede social corporativa;
  • Mecanismos de workflow.

A intranet, quando bem gerenciada, dá transparência e agilidade ao fluxo de comunicação organizacional e facilita o dia a dia dos colaboradores, disponibilizando dados, informações e sistemas operacionais necessários para a realização das tarefas cotidianas.

Melhorar a intranet da empresa é fundamental para ampliar o grau de produtividade e de competitividade da sua empresa. Por isso, invista nessas boas práticas e colha bons frutos!

E a sua intranet? Já está turbinada? Compartilhe suas experiências deixando um comentário!

Quais as melhores câmeras para Transmissão ao vivo?

quais-as-melhores-cameras-para-transmissao-ao-vivo

Na hora de realizar uma transmissão ao vivo, a principal preocupação deve ser a qualidade da imagem. Seja para um webinar ou para uma nova publicação em um vlog, é importante que sua transmissão esteja livre de ruídos e borrões. Por isso, é fundamental saber quais as melhores câmeras para transmissão ao vivo.

Quando falamos em câmeras, a primeira coisa que nos vem à mente é o valor de um bom equipamento de filmagem. Naturalmente, sabemos que este tipo de estrutura não é barata. Mas, você sabia que é possível utilizar até mesmo a webcam do seu notebook para realizar transmissões de boa qualidade? Basta saber qual a melhor opção para o tipo de utilização, quais os recursos ideais para uma imagem perfeita e como aproveitar todas as possibilidades do seu equipamento.

Complicado? Pois saiba que é mais simples do que parece. Confira:

A melhor câmera para transmissão ao vivo: resolução, banda de transmissão e outros recursos

Para uma boa transmissão ao vivo, é preciso utilizar todos os recursos do seu equipamento para obter imagens de qualidade superior. Por isso, a ideia de um equipamento de baixa resolução e com recursos muito “básicos” deve ser imediatamente descartada.

Para escolher com responsabilidade, é ideal que seu equipamento possua algumas características fundamentais para realizar uma transmissão ao vivo com qualidade e de maneira simples.

Tipos de resolução de câmeras e seus usos

HD, Full HD… Atualmente é possível encontrar equipamentos de filmagem com os mais variados tipos de resolução disponíveis no mercado. Mas, antes de tudo, é fundamental saber o que são e para que serve cada um deles.

HD

Ideal para quem procura um equipamento de qualidade, mas que deseja investir de forma moderada, as filmadoras com resolução HD são práticas, úteis e muito acessíveis. Com uma configuração superior ao VGA, o HD filma em com sinal digital, captura e transmite imagens com mais clareza e sem interferência.

É uma boa ideia para quem deseja começar suas transmissões ao vivo sem problemas e com praticidade, investindo pouco e obtendo imagens de qualidade média.

Full HD

Com qualidade superior, as câmeras Full HD dominam o mercado. São fundamentais para quem deseja capturar uma imagem fiel, sem alterações de cor, sombras e interferências na transmissão, mantendo o material filmado e transmitido o mais claro possível.

Mesmo sendo um líder de mercado, as câmeras em Full HD já são bem acessíveis. O recurso já pode ser encontrado em webcams, handycams e até câmeras de smartphones.

Ultra HD (ou 4K)

Uma das maiores novidades no mercado, as câmeras com resolução em 4k, também chamadas de Ultra HD, já são uma realidade atualmente. Com resolução imbatível, os equipamentos Ultra HD possuem uma qualidade de imagem extremamente superior, mas o investimento em equipamentos também é um pouco maior.

Ideal para a captura de imagens esportivas ou com muito movimento, as câmeras com resolução 4K são normalmente utilizadas por profissionais, mas podem ser uma boa opção se o que você deseja é uma transmissão ao vivo de qualidade surpreendente.

Webcam, handycam, câmera de celular ou profissional: Qual a melhor câmera para transmissão ao vivo?

Sabendo da resolução necessária, fica mais fácil escolher o modelo ideal para sua transmissão ao vivo. Conheça alguns deles:

Webcam

Graças à tecnologia, atualmente é possível realizar uma transmissão ao vivo de qualidade com uma câmera webcam, seja um equipamento integrado ao seu notebook ou externo. As opções com resolução Full HD e recursos extras, como programas de edição de vídeo integrado, são ótimas para ambientes menores e com iluminação fixa, além de serem acessíveis para quem quer investir pouco.

Handycam

As Handycams são filmadoras compactas excelentes para obter imagens de qualidade, em ambientes internos e externos. Com alguns recursos interessantes, como configuração manual e automática, as filmadoras de mão podem ser úteis para quem deseja mais flexibilidade e boa qualidade de filmagem (modelos em Full HD são muito comuns), com um investimento médio de R$ 700,00 a R$ 1.000,00.

Câmera profissional

Se você possui experiência de filmagem e deseja produzir transmissões ao vivo e vídeos de extrema qualidade, o ideal é uma filmadora profissional. As Camcorders são excelentes quando o assunto é uma imagem, som e transmissão impecável. Com elas é possível trabalhar com microfones ou receber sinais de áudio de uma mesa de som.

Bônus: Action cams e DSLRs

Se você possui uma câmera digital fotográfica e deseja utilizá-la para fazer suas transmissões ao vivo, saiba que também é possível. Os modelos profissionais, que possuem lentes intercambiáveis, já possuem recursos de filmagem incríveis e, normalmente, saem de fábrica com resolução Full HD.

Para os amantes das Action Cams, como a GoPro, realizar transmissões ao vivo pode ser uma grande surpresa. Este tipo de equipamento, apesar de possuir uma resolução superior, pode gerar alguns problemas na hora de transmitir as imagens ao vivo. Não se esqueça de realizar testes e procurar maiores informações no manual ou no site do fabricante antes de se decidir por este modelo.

Depois de escolher a câmera ideal para sua transmissão faça um planejamento para não desapontar seu público. Confira o artigo que escrevemos sobre este assunto 7 dicas de montagem de estrutura para uma transmissão ao vivo.

E agora, mão na massa 🙂

Qual o papel da TI no marketing e por que devem caminhar juntos

o-papel-do-ti-no-marketing

Seja no setor de serviços ou no varejo, com certeza, você já se deparou com clientes que consultam informações por meio do celular enquanto estão no seu ponto de vendas ou, até mesmo, que só chegam até sua loja após pesquisarem as principais informações sobre sua marca em buscadores de notícia, sites e mídias sociais.

Infelizmente, apesar de constatações como essa serem um tanto quanto óbvias, muitas empresas ainda insistem em ignorar o importantíssimo papel do TI no marketing. Se o seu negócio faz parte desse time e também tem ignorado a importância da tecnologia da informação, trago-lhe duas notícias.

A primeira delas é que você precisa resolver essa situação urgentemente! A segunda é que, felizmente, é possível explorar o potencial das multiplataformas e tornar a experiência do seu cliente muito mais agradável e propícia à conversão em vendas.

Mas, afinal, qual o papel da TI no marketing?

A tecnologia da informação abrange todas as atividades que utilizam recursos de computação para produzir, transmitir, armazenar ou, simplesmente, garantir a segurança das informações de uma empresa ou setor.

Assim, o seu papel no marketing vai desde a segurança dos dados até a otimização da experiência do cliente. Em um varejo e-commerce, por exemplo, garantir o sigilo dos dados bancários do comprador pode ser uma das atividades mais relevantes, já que as compras feitas pela plataforma precisam ser seguras para que o cliente não se sinta lesado.

Um professor que vende cursos online, por outro lado, pode acreditar que, para o seu negócio, a principal função da TI é garantir todo o aparato necessário à realização de uma boa transmissão ao vivo, tarefa que abrange a geração de leads, a automação dos e-mails marketing e o funcionamento da plataforma destinada à videoconferência.

Por que TI e marketing devem caminhar juntos?

Agora que você já sabe como a tecnologia da informação ganha vida dentro do negócio, entender porque ela e o marketing devem caminhar juntos ficou muito mais fácil, certo? A TI nada mais é do que o complexo conjunto de recursos que ajuda a operacionalizar e tangibilizar as estratégias criadas pelo marketing.

O que você deseja é entregar valor para o seu cliente oferecendo conteúdo de qualidade por meio de vídeos? Pois saiba que de nada adiantará produzir textos de qualidade e preparar o roteiro de vários webinars matadores se o seu site sair do ar devido a um grande número de acessos, se a sua lista de e-mails não for usada corretamente para aquecer a audiência ou se, simplesmente, a transmissão dos vídeos for interrompida por quedas da rede de internet.

Se o marketing é quem define o que será feito para alavancar a sua empresa, a TI é o combatente inteligente que vai lá e faz. Desprezá-la é, pois, dar um tiro no próprio pé — afinal, nenhum cliente ficaria satisfeito se perdesse seu precioso tempo para se conectar a uma plataforma que só funciona na teoria, certo?

TV Corporativa: TI x Marketing

Na prática muitas ferramentas de comunicação e marketing envolvem a inteligência do TI . Um exemplo é a TV Corporativa , onde o o TI envolve-se completamente no gerenciamento da Transmissão, monitoramento de Telas, players e engenharia de software.

Grandes empresas, como Magazine Luiza, IBM e Transpetro, utilizam a TV Corporativa para comunicação interna entre seus gestores e colaboradores. Através de telas profissionais instaladas em pontos estratégicos a comunicação torna-se muito mais dinâmica, trazendo resultados diversos como motivação, educação, transparência e padronização de processos.

Existem softwares especiais para gerenciamento de uma TV Corporativa, como o Mural Digital da Nucleo Media que oferece gerenciamento de grade e playlists de videos, agendamentos de dias e horários de exibição, monitoramento remoto e muito mais. Se quiser conhecer melhor esta ferramenta, leia o artigo que escrevemos sobre Mural Digital: O que é e quais são seus benefícios!

Seja na TV Corporativa, automação de e-mails, hospedagem e manutenção do site ou no armazenamento de dados dos clientes, o fato é que são inúmeras as possibilidades de aplicação da tecnologia da informação através do marketing da sua empresa!

Agora, queremos saber de você: como a sua empresa pretende usar a TI no marketing? Não deixe de contar para a gente a sua experiência!

Aprenda como melhorar a segurança de dados na nuvem da sua empresa

seguranca-de-dados-na-nuvem

Atualmente a computação em nuvem está sendo muito utilizada nas empresas para proteção e segurança de documentos, otimizando e tornando mais dinâmicos os processos internos.

Entretanto, a segurança de dados na nuvem precisa de um cuidado mais do que especial, afinal o sigilo ou a perda destes dados e informações podem trazer prejuízos enormes ou até mesmo levar a empresa a falência.

Pensando nisso, separamos para você algumas dicas de como melhorar essa proteção, para sua empresa não sofrer consequências negativas, por causa da negligência da sua equipe ou de um profissional especializado! Vamos lá?

1. Use criptografia na nuvem

A primeira forma de proteger os dados na nuvem é adotando a criptografia. Trata-se de um conjunto de códigos que transformam o documento em um arquivo protegido, em que só quem tem a senha poderá abri-lo.

Isso, para as empresas e para a própria tecnologia na nuvem, é muito importante porque aqueles documentos sigilosos e privativos, como planilhas e situação financeira podem ser guardados a sete chaves.

Se o funcionário perder o aparelho eletrônico também segue a mesma premissa, evitando que os dados sejam roubados ou até mesmo corrompidos.

2. Use senhas fortes

Isso pode parecer clichê, entretanto, a quantidade de pessoas que confiam muito na sua própria organização e que não utilizam senhas fortes (como o próprio aniversário ou 1234) é muito grande.

E como estamos falando de segurança de dados na nuvem, criar uma senha forte, que combine números, letras (maiúsculas e minúsculas) e caracteres especiais torna o trabalho de hackers mais difícil.

Não podemos deixar de citar que estabelecer níveis de acesso também é uma técnica válida para a organização. Assim, apenas usuários poderão ter acesso a um tipo de documento, garantindo que haja maior confidencialidade e proteção de dados.

3. Faça contrato de sigilo

Outra estratégia de segurança é a produção de um contrato de sigilo para que seus funcionários assinem, obrigando-os a conhecer a confidencialidade das informações compartilhadas em ambiente corporativo.

Dessa forma, além de aumentar a credibilidade da organização frente aos clientes e aos próprios colaboradores, faz com que a empresa detenha o poder de processo se ocorrer vazamentos de dados, por exemplo.

Aliás, é essencial que você treine os seus funcionários em relação à privacidade dos dados e como protegê-los, ensinando-os a fazer backups, por exemplo, e adotando mais tecnologias de segurança (softwares) em seus dispositivos pessoais.

Tudo isso para que não comprometam os arquivos confidenciais da própria organização.

4. Utilize servidores seguros

Não é de hoje que sabemos quão perigoso é se conectar em diversas redes sem ao menos saber se elas são seguras. Por isso, em uma empresa, é recomendado que se utilizem redes privadas virtuais, as chamadas VPNs.

Essas redes são canais que apenas podem ser utilizados por aqueles que possuírem a chave de acesso, a de autenticação. Dessa forma, os dados permanecem protegidos e pessoas específicas têm acesso para fazer a manutenção dos dados e movimentá-los. Com as VPNs, evita-se que hackers tentem burlar a conexão, por exemplo.

Ao propor essas dicas para seus colaboradores, você estará trazendo para sua empresa maior segurança, atraindo clientes que vão confiar nos seus processos que visam à confidencialidade e à proteção dos dados.

A identidade da empresa assumirá essa premissa e essa segurança previne que os arquivos sejam comprometidos pelos próprios funcionários ou por terceiros que querem invadir o seu sistema.

Por isso, mantenha-se sempre atualizado em relação aos softwares e à própria segurança de dados na nuvem.

O que você achou das nossas dicas? Tem mais alguma sugestão? Conta pra gente nos comentários ou acesse outros conteúdos do Blog clicando aqui.

Comunicação moderna. Pouco texto, mais imagens!

comunicacao moderna pouco texto mais imagens

Hoje em dia a máxima de que uma imagem vale mais do que mil palavras, está cada vez mais presente. A profusão de imagens na comunicação é o grande momento da atual era da informação. Esse fenômeno ocorre porque a comunicação atualmente exige velocidade e, nesse contexto, as imagens comunicam a mensagem com mais rapidez e eficiência. Além disso, as ilustrações, a fotografia, o cinema e a televisão já acompanham as pessoas há gerações. Isso agrega valor para a importância da imagem. Vale lembrar também que hoje em dia, na era da convergência digital, os vídeos e as fotos já fazem parte do mundo online, tornando a internet assim um reduto para a comunicação por meio de imagens, sempre rápida e instantânea.

Outro fator que serve para corroborar com isso, é também a crescente demanda de infográficos em matérias jornalísticas. Algumas revistas impressas, bem como sites e blogs, já contam com reportagens que abrem mão de blocos de texto e apelam para infográficos ilustrativos. Tais infográficos se mostram cada vez mais elaborados e alguns até contam com um grande valor artístico, conseguindo aliar ao mesmo tempo informação e um contexto com bastante imagens, de forma lúdica e criativa.

Na publicidade, por exemplo, a imagem reina absoluta. Tanto a publicidade veiculada na mídia eletrônica, quanto na impressa, é marcada pelo uso constante da imagem, seja para vender um produto, um serviço ou até uma ideia. Trabalhar a imagem no campo publicitário é essencial.

Além disso, é importante salientar que o cérebro humano consegue processar o significado de uma imagem bem mais rápido do que interpreta um texto. Isso é essencial para uma era como a nossa, que atua com muita informação e cada vez requer uma comunicação com mais velocidade.

O fluxo das imagens nas redes sociais e em outros meios de comunicação

Um exemplo de como a informação está cada vez mais voltado para as imagens é a atuação das redes sociais, especialmente o Facebook, que é uma das redes sociais que conta com mais usuários em várias partes do mundo, especialmente no Brasil.

Para quem trabalha com publicidade utilizando as páginas do Facebook, por exemplo, deve saber que o público hoje em dia está mais propenso a ficar atento a vídeos, fotos, slides e infográficos. Tal motivo se deve pelo fato de que no Facebook, que conta com um fluxo de informação muito grande de postagens, as pessoas almejam uma informação rápida. Sendo assim, o recurso imagético é bem mais eficiente nele e também não acarreta em poluição visual. As pessoas cada vez mais querem uma comunicação desprovida de poluição e, nesse caso, as imagens são bastante pertinentes.

Outro ponto a ser levado em consideração é no comércio eletrônico. Nesse contexto, a maioria dos consumidores prefere visualizar em um site uma foto bem elaborada do produto, apontando todas as suas características, do que ler um texto descritivo do mesmo.

Imagem em outras mídias

As imagens sempre tiveram atuação importante em outros meios. Um exemplo disso são os outdoors, que por exigirem uma rápida visualização, trabalham bem o recurso de comunicar por meio de imagens.

O mesmo conceito é válido para a comunicação em estabelecimentos comerciais por meio de fachadas e cartazes. As imagens, nesse caso, comunicam de forma rápida a questão de preços e promoções, por exemplo.

Além disso, a tecnologia pode ser utilizada a favor das imagens, como é o caso dos menus digitais utilizados pela maioria dos fast foods, que através de telas digitais apresentam fotos bem elaboradas dos alimentos, atiçando dessa maneira o desejo dos clientes.

Portanto, nos dias de hoje, saber utilizar todos os recursos imagéticos nos mais diversos tipos de mídia, é a garantia de uma comunicação eficiente com qualquer tipo de público.